Browsing Category

Travel

    Travel

    As minhas dicas sobre Nova Iorque #1

    08/02/2020

    Nova Iorque é daquelas cidades que podemos visitar vezes sem conta porque há sempre algo novo para contar. A par dos novos restaurantes e lojas que vão abrindo, há sempre um conjunto de locais que vale a pena visitar uma e outra vez. São aqueles que faço questão de repetir sempre que regresso.

    De todas as pessoas que conheço só me lembro de duas que não adoraram a cidade. Uma porque foi em agosto, quando Nova Iorque estava “deserta” e outra porque gosta acima de tudo de cidades com história e muitos monumentos para visitar. Porque é que partilho isto convosco? para saberem de antemão que Nova Iorque não é efetivamente uma cidade com muita história, já que é uma cidade recente que cresceu à custa da imigração. Ainda assim, há muito que fazer e muitos locais para visitar.

     

    Antes de ir

    Para entrar nos Estados Unidos da América (EUA) é preciso um visto, chama-se ESTA e podem fazer online no site do governo. Demora cerca de 3 dias para ser emitido, mas por segurança é conveniente fazerem com mais antecedência.

    Sugiro tratar primeiro do visto e só depois comprar os bilhetes de avião e reservar o hotel/alojamento, se bem que vos vai ser pedida uma morada da estadia nos EUA para o ESTA.

    Há várias companhias aéreas que voam de Portugal para Nova Iorque, o ideal será pesquisarem o que há disponível no momento e depois fazer a escolha. Já voei pela TAP e United Airlines para este destino e os preços são bastante simpáticos para uma viagem de longo curso. Sugiro apanhar o primeiro voo da manhã para chegarem à hora de almoço e ainda aproveitar a cidade, nomeadamente começar o tour por Times Square e Rockefeller Center.

       

    Onde ficar

    Perto de Times Square para quem vai a Nova Iorque pela primeira vez, e no Soho para quem já conhece a cidade. Porquê?

    Os principais locais, museus e monumentos ficam na zona de Uptown e Midtown, ou seja, Times Square acaba por ser muito mais central. No Soho (Downtown) é onde estão os restaurantes mais giros e na moda, para além de terem muitas lojas onde perder a cabeça.

    Considerando a melhor zona para ficar perto de tudo, pesquisem hotéis e apartamentos entre Times Square (40th street) e o início do Central Park (59th street), de preferência entre a 5.ª e a 7.ª avenida, mas se for entre a Lexington e a 8.ª também não ficam mal.

    Já fiquei no hotel Conrad Midtown (2019), Time em Times Square (2016) e W Hotel Lexington (2009). Nesta zona existem muitos hotéis, sugiro pesquisarem com antecedência e fora dos períodos high-season, pelos motivos óbvios. Se vão com crianças, preparem-se para terem de reservar 2 quartos porque a generalidade dos hotéis não permite mais de 2-3 pessoas por quarto, mesmo quando são enormes.

    Para famílias ou grupos de amigos pode fazer mais sentido alugar um apartamento. Há muita coisa, é preciso perder algum tempo… sugiro pesquisar ha homeaway ou airbnb. A generalidade dos apartamentos não ficam na zona mais central, mas não se pode ter tudo. No Soho há casas impressionantes, com pinta, a preços simpáticos. Em Uptown, o cenário é outro.

     

    O que visitar

    Estátua da Liberdade (na Liberty Island) e Ellis Island, onde encontram o Museu da Imigração. Para comprar bilhetes deverão fazê-lo aqui. Os únicos barcos autorizados a parar na Libery Island são os Statue Cruises, por isso não vale a pena comprar bilhetes noutro lado se quiserem sair na ilha e ver a Estátua. Os water taxis e afins não estão autorizados a parar nas ilhas, só permitem ver ao largo.

    Esta visita vai demorar cerca de 3 a 4h. Podem aproveitar para conciliar com Wall Street e/ou com o One World Observatory.

     

    Wall Street e New York Stock Exchange, onde vão um sentir o deja vu, por todos os filmes que já viram.

     

    One World Observatory e Ground Zero – World Trade Center, em homenagem ao atentado terrorista do 11 de setembro. Vale a pena subir até ao 102.º andar para ver a cidade, de noite ou de dia. Estamos em downtown e as vista é arrebatadora. Preparem-se para o início de uam experiência memorável assim que entram no elevador.

    Vale também a pena ver e sentir o memorial das vítimas do 11 de setembro. Não há palavras para descrever…

    Aproveitem para ver de perto a obra do Calatrava, o Calatrava World Trade Center, uma estação de metro impressionante, com shopping mall incluído.

     

    Times Square

    Imperdível de noite e de dia, é o epicentro da cidade que nunca dorme.

    Não há como não vir aqui assim que se chega a Manhattan.

     

    Rockefeller Center e Top of the Rock

    Para além das lojas e da pista de gelo no inverno, Rockefeller é um ponto de encontro para muitos. O Top of the Rock é uma das vistas obrigatórias sobre a cidade e uma das mais emblemáticas.

    No inverno, entre novembro e meados de abril, The Rink é um local de visita obrigatória, não fosse esta a pista de gelo mais emblemática de todas. Para os que preferirem não arriscar patinar no gelo, podem sempre marcar almoço no restaurante com vista para a pista.

     

    Empire State Building e Bryant Park

    Para mim a melhor vista sobre Nova Iorque! Vale a pena ir até ao último piso, o 102.º andar, não duvidem por nada. Vêm a cidade 360ºC, apenas separados por um vidro.

    Muito próximo do Empire encontram Bryant Park, chamado de Manhattan´s Town Square, onde há sempre alguma coisa a acontecer. Atividades giras, diversões para os miúdos, street food, arte de rua… vão ver que vale a pena. No inverno têm a winter village, com uma mega pista de gelo e muitas atividades temáticas, incluindo um mercado de Natal.

     

    Central Park, Museu de História Natural e Guggenheim

    O Central Park é um local de visita obrigatória, para passear, conhecer, almoçar, correr 🙂 e ver a cidade de outro ponto de vista. É um parque gigante dentro da cidade de Nova Iorque, onde facilmente nos conseguimos perder. Para os miúdos há zonas com diversões (mas cuidado porque facilmente lhes perdemos a vista e há zonas com rochas nada kids friendly), há muito verde, vários lagos, esquilos, e uma tranquilidade que sabe bem. Na primavera e verão aproveitem para andar de barco no lago e depois almoçar no The Loeb Boathouse em Central Park.

    Vale a pena ir ao Central Park pelo menos duas vezes enquanto estão na cidade, não só pelo parque em si, mas também porque à sua volta encontram vários museus que merecem uma visita: Museu de História Natural, Guggenheim, Museu da Cidade de Nova Iorque e o Metropolitan Museum of Art. Eu adoro conhecer a cultura dos países e estes museus valem a pena.

     

    No próximo post vou falar-vos de mais locais obrigatórios, desta vez mais a sul da ilha: Soho, Hudson Yards, Intrepid Museum, e claro, Brooklyn.

     

    Mais sobre NYC no meu Instagram

  • Travel

    Nova Iorque

      O ano 2019 terminou da melhor forma, com uma viagem a Nova Iorque. Como sabem, adoro viajar e conhecer novos sítios, mas voltar àqueles onde fomos felizes, sabe sempre bem. Esta foi a…

    15/01/2020
  • Food & Hot Spots Kids Market LIFESTYLE Travel

    Paris

    Há umas semanas estive em Paris, numa saída de fim de semana, e aproveitei para passear, fazer umas compras e rever alguns locais e monumentos. Não é novidade para quem me segue que gosto…

    06/11/2019
  • LIFESTYLE Travel

    Sublime Comporta

    Tranquilidade, natureza e atenção aos pormenores é a garantia do que podem encontrar no Sublime Comporta, um hotel de charme, a cerca de uma hora de Lisboa, que é essencial conhecer. Um lugar especial,…

    19/02/2019
  • Travel

    Areias do Seixo

    Para nos despedirmos do verão e matar saudades das férias de praia no Algarve, no primeiro fim de semana de setembro resolvemos ir passar uns dias ao Areias do Seixo, um hotel lindo, que…

    28/09/2018
  • Family Kids Market Travel

    A sereia Maria

    Todos os dias na praia passavam por nós várias mulheres e meninas com artesanato local e a Carminho, como adora estas coisas, queria sempre que eu as chamasse. Para estimular a sua autonomia dizia-lhe…

    10/04/2018
  • Kids Market Travel

    Nas ruínas maias

    Aproveitámos um dos dias para ir visitar as ruínas maias de Tulum, que ficam situadas numa falésia com uma vista fantástica para o mar do Caribe. Estas ruínas são o que resta de uma…

    08/04/2018
  • Kids Market Travel

    Depois da praia

    Em Tulum os finais de tarde eram aproveitados ao máximo, não só na praia, como na piscina, mas também, por vezes, gostávamos de ir passear pelas lojas que existiam na estrada de acesso aos…

    07/04/2018
  • Kids Market Travel

    Mais de Tulum

    Vir de férias sabe sempre bem porque regressamos a casa, mas voltar às rotinas é sempre o que me custa mais. Hoje consegui um tempo para descarregar as fotos que faltavam da máquina e…

    05/04/2018
  • Kids Market Travel

    Tropical mood

    Já devem ter percebido que estou a aproveitar estas férias e o calor para vos mostrar uma série de looks e peças que vão estar no KIDS MARKET de 14 e 15 de abril.…

    29/03/2018